Dicionário de Marketing

Nesta seção você encontrará definições sobre os principais
termos utilizados em marketing
 

  A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W Y Z  
 

Dicionário - Letra T

TABELA DE CONTINGÊNCIA- Tabela de freqüências observadas em que as linhas correspondem a uma variável de classificação e as colunas e as colunas correspondem a outra variável de classificação; chamada também tabela de dois critérios.

TABELA DE DUPLA ENTRADA- Veja tabela de contingência.

TABELA DE FREQÜÊNCIA- Relação de categorias de valores juntamente com suas freqüências correspondentes.

TABELA DE FREQÜÊNCIAS ACUMULADAS- Tabela de freqüências em que cada classe e cada freqüência representa os dados acumulados até aquela classe, inclusive.

Tabela de freqüências relativas- Variante da tabela básica de freqüências, em que a freqüência de cada classe é dividida pela freqüência total.

TAMANHO DA AMOSTRA- Número de elementos em uma amostra.

TANGIBILIZAÇÃO: Tornar tangível, tocável, perceptível um serviço ao cliente, por exemplo. Só será possível fidelizar um cliente, se o mesmo perceber seu ato e responder positivamente ao estímulo. As técnicas de tangibilização estão disponíveis ao serviço da busca da fidelização do cliente.

TANGÍVEIS: Características de bens que podem ser facilmente percebidas por meio da visão, tato, paladar ou olfato.

TAXA DE JUROS REAL. É a taxa de juros corrente ou nominal da qual foi descontada a inflação. 

TAXA DE JUROS SELIC. Selic são as iniciais de Sistema Especial de Liquidação e Custódia e significa que as taxas de juros cobradas por esse organismo são as taxas de juros básicas do sistema financeiro brasileiro, uma vez que são garantidas por títulos da dívida pública federal.

TENDÊNCIA JENKINS. Método de previsão baseado em modelos em série de tempo e que conta com a capacidade de captar de modo sistemático a tendência, os ciclos e outras características da série. 

TEOREMA CENTRAL DO LIMITE- Teorema que afirma que as médias amostrais tendem a Ter uma distribuição normal com média...... e desvio- padrão.......

TEOREMA DE TCHEBICHEV- Teorema que utiliza o desvio- padrão para ar informação sobre uma distribuição de dados.

TESTE BICAUDAL- O mesmo que teste bilateral.

TESTE BILATERAL (duas caudas)- Teste de hipóteses em que a região crítica é dividida entra as áreas extremas direita e esquerda da distribuição da probabilidade.

TESTE DA SOMA DE POSTOS DE WILCOXON- Teste não- paramétrico de hipóteses, usado para comparar duas amostras independentes.

TESTE DE ADERÊNCIA- Teste para avaliar quão bem uma distribuição de freqüências observadas se ajusta a uma distribuição teórica.

TESTE DE HIPÓTESES- Método para testar afirmações populações; chamado também teste de significância.

TESTE DE HOMOGENEIDADE- Teste da afirmação de que diferentes populações têm a mesma proporção de determinada característica.

TESTE DE INDEPENDÊNCIA- Teste da hipótese nula de que, em uma tabela de contingência, as variáveis linha e as variáveis coluna não são relacionadas.

TESTE DE KRUSKAL-WALLIS- Teste não- paramétrico de hipótese usado para comparar três ou mais amostras independentes; chamado também teste H.

TESTE DE POSTOS COM SINAIS DE WILCOXON- Teste não- paramétrico e hipóteses, usado para comparar duas amostras dependentes.

TESTE DE REPETIÇÕES- Método não- paramétrico para testar aleatoriedade.

Teste de significância- Veja teste de hipóteses.

TESTE DE U DE MANN- WHITNEY- Teste de hipóteses equivalente ao teste da soma de postos de Wilcoxon para duas amostras independentes.

TESTE DOS SINAIS- Teste de hipóteses não- paramétrico usado para comparar amostras de duas populações.

TESTE H- Veja Teste de Kruskal-Wallis.

TESTE UNICAUDAL DIREITO- O mesmo que teste unilateral à direita.

TESTE UNICAUDAL ESQUERDO- O mesmo que teste unilateral à esquerda.

TESTE UNILATERAL À DIREITA- Teste de hipóteses em que a região crítica está localizada na área direita extrema da distribuição de probabilidade.

TESTE UNILATERAL À ESQUERDA- Teste de hipóteses em que a região crítica está localizada área esquerda extrema da distribuição de probabilidade.

TESTES LIVRES DE DISTRIBUIÇÃO- Testes que não exigem uma distribuição particular. Veja também testes não- paramétricos.

TESTES NÃO- PARAMÉTRICOS- Processos estatísticos para testar hipóteses ou estimar parâmetros, quando não há suposições formuladas sobre a natureza ou a forma das distribuições populacionais; chamados também testes livres de distribuição.

TESTES PARAMÉTRICOS- Processos estatísticos baseados em parâmetros populacionais para testar hipóteses ou estimar parâmetros.

TI- Tecnologia da informação.

TRANSFORMAÇÃO: Mudar, transformar, modificar uma situação ou comportamento. Em um mundo cada vez mais globalizado, sofremos constantes transformações. Estamos vivendo a transformação de uma sociedade industrial de massa, em uma sociedade fundamentada na informação e no serviço.

TRATAMENTO- Propriedade ou característica que permite distinguir uma das outras diferentes populações; usado em análise da variância. Trazendo esses conceitos para a realidade empresarial, cliente fiel é aquele que está envolvido, presente, não muda, mantém consumo freqüente, ou aquele que é leal à empresa em vista de sua marca, seus produtos e seus serviços. 

TUR NOVER- rotatividade em função de demissões de funcionários.